12 março 2009

Por que tanto por quê? Saiba o porquê


Essa pergunta eu faço desde minha primeira aula sobre o assunto, com a saudosa professora de português Irmã Deuzuita, que Deus a tenha. Como seria bom se fosse um pra perguntar e outro pra responder, simples, como acontece em vários países. Quando soube da reforma ortográfica veio logo a esperança que acabasse essa farra. Fica pra próxima.

Como os portugueses teimaram em usar o mesmo termo para perguntar e responder, os gramáticos precisaram usar a imaginação. No latim clássico, havia duas palavras: quare para perguntar e quia para responder. No português prevaleceu a expressão do latim vulgar, pro quid, que passou a exercer dupla jornada em perguntas e respostas. Daí, segundo Caetano Galindo, linguista da Universidade Federal do Paraná, alguém teve a brilhante ideia de escrever um junto e outro separado.

Não satisfeitos, em 1931, surgiram no Brasil 2 novas regras: o "que" ganhou circunflexo quando é tônico (antes de pontuação) e o "porque" substantivo virou "porquê".

Galera do vestibular e concurseiros, prestem atenção!

Por que
Usado nas perguntas e quando podemos substituir por "qual motivo" e "qual razão".

Porque
Usado nas respostas e quando podemos substituir por "pois".

Por quê
Quando o "que" é tônico e no final de frases interrogativas.

Porquê
Quando ele é substantivo e quando podemos substituir por "o motivo" e "a razão".


Com a Super Interessante


10 comentários:

  1. e com a reforma da gramática deste ano? muda alguma coisa?? rs

    ResponderExcluir
  2. Porque eu sempre erro na hora de escrever porque? rs

    Obrigado pelas dicas amigo
    forte abraço!

    ResponderExcluir
  3. vIXE....É MUITO PORQUE(QUAL EU ESCREVO) PRA MINHA CABEÇA!!!!

    ResponderExcluir
  4. Por isso eu escrevo "PQ".

    Linkei seu blog no meu, é muito bom.

    ResponderExcluir
  5. Por que será que só complicam, com porque, por que, porquê e por quê???

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Eu nem consegui entender a ortografia antiga e já vieram com uma nova.
    Por essas e outras que o nosso português não é tão difundido no mundo. Muitas regras, é complicado. abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
  7. E na nova ortografia? Continua assim? Se os acentos diferenciais sumiram a gente ficou só com 'por que' e 'porque'?
    E não é por isso que a língua portuguesa não é difundida... ela não é difundida por que os países que a falam tem pouca ou nenhuma expressão no mundo... o chinês é muito mais complexo para um ocidental aprender e já tem gente no mundo inteiro falando... mas, olha o interesse econômico que existe em aprendê-lo...

    ResponderExcluir
  8. O título deste artigo está errado:
    "Por que tanto por quê?"
    O último porquê da frase é um substantivo e, portanto, deve ser escrito junto. O "porquê" que está gerando a pergunta não é o último da frase, e sim o primeiro.

    ResponderExcluir

Regras:
- O comentário precisa ter relação com o assunto;
- Para propostas de parcerias ou respostas sobre esse assunto, favor usar o Formulário de Contato.