20 fevereiro 2010

Em resposta ao “Big Brother Brasil: um Programa Imbecil“

Por Cecilia Maria Rodrigues

Resolvi responder ao Cordel do educador e cordelista baiano Antonio Carlos de Oliveira Barreto intitulado: Big Brother Brasil: um Programa Imbecil.

O que ele coloca em seu belíssimo e impolgante cordel, de métricas e rimas impecáveis, foi dirigido apenas a um programa tendo como foco o jornaslista Bial. O que o professor coloca cabe aos Reality Shows como um todo. Penso que a crítica pela crítica não leva a nada se não houver uma sugestão. “É preciso tentar entender como esses programas influenciam comportamentos e refletem o atual estágio da TV”. Escreve Cosete, na introdução de seu livro“Por Que os Reality Shows Conquistam Audiências?”, Cosette Castro, doutora em Comunicação e Jornalismo pela Universidade Autônoma de Barcelona (Espanha),

Então respondi nesse singelo cordel que divido com vocês.

BBB ou os Reality Shows?
Mestre Antonio Carlos Barreto
Li seu cordel famoso
Nada contra o programa
Mas com a omissão de estudioso
Que critica a atração
Mas não apresenta sugestão
Para este público grandioso.

Tentar entender os Reality shows
Hoje uma praga mundial
Que influenciam comportamentos
E seduz o meio social.
É uma atitude esquecida
Que deveria ter guarida
No meio acadêmico em geral.

Coibir ou criticar
Esse tipo de programa
Com gente comum e anônima
Igual aos que assistem ao programa.
Que traz à tona a questão
Da relação… competição…
Inveja…esporte… e o telespectador ama.

São questões universais
Do dia a dia dos expectadores
Que entram na Telinha
E se tornam até colaboradores.
É muito fácil criticar
Sem ter nada para ofertar
Para esses torcedores.

Não é só mudar de canal,
É uma questão de conjuntura
É necessário criatividade
E muito jogo de cintura.
Para aproveitar o programa
Com o público que o ama
Mas com nova estrutura.

Ai que entra a criação
Para estruturar a programação:
No espaço onde os participantes
Representam a si mesmo com emoção
Possibilitando aos que assistem
Olhá-los como “modelos” pois existem
Abrindo a “porta ” da fama e da premiação.

Aproveitar esse espaço
Com conteúdo cultural
Em algo prazeroso e educativo
Isto é contribuição social
Para a audiência que é alta
Pois temática não falta
No caleidoscópio nacional

Nos meios de divulgação
Não são os Biais, oh! Não
Onde está a vontade política
Na nossa Televisão?
E a evolução na educação?
É a falta de motivação?
Ou questão de gestão?

Cecília Nahas
Geógrafa
http://geografiadavida.wordpress.com


9 comentários:

  1. Não entendi, vc gosta de Reality Shows? Lendo sua introdução, achei q vc não gostava do Bial, e ainda mais, odiava os Reality Shows.

    Mas lendo seu cordel, me parece q gostas do programa.

    Vc disse q Antonio Carlos não deixa nenhuma sugestão e q só criticar é fácil

    O Antonio Carlos deixa claro muitas sugestoes no seu ÓTIMO CORDEL

    Segue abaixo trechos

    Me refiro ao brasileiro
    Que está em formação
    E precisa evoluir
    Através da Educação
    Mas se torna um refém
    Iletrado, ‘zé-ninguém’
    Um escravo da ilusão.

    Acima ele sugestiona evoluir através da educação

    O seu pai e a sua mãe,
    Querido Pedro Bial,
    São verdadeiros heróis
    E merecem nosso aval
    Pois tiveram que lutar
    Pra manter e te educar
    Com esforço especial.

    Acima, nesse outro ele sugestiona os pais como heróis e exemplos


    Respeite, Pedro Bienal
    Nosso povo brasileiro
    Que acorda de madrugada
    E trabalha o dia inteiro
    Dar muito duro, anda rouco
    Paga impostos, ganha pouco:
    Povo HERÓI, povo guerreiro.

    Acima, nesse outro ele sugestiona os trabalhadores como ex

    Enquanto a sociedade
    Neste momento atual
    Se preocupa com a crise
    Econômica e social
    Você precisa entender
    Que queremos aprender
    Algo sério – não banal.

    Nesse outro ele sugestiona uma preocupação social e política, bem é isso, dizer q Antonio Carlos só critica e não faz sugestoes é brincadeira, espero ter entendido errado e você ache a critica dele foi pouca e não vazia.

    Pablo Treuffar

    ResponderExcluir
  2. TELEVINÃO

    Televisão
    Caixote quadrado
    Não paramos de olhar
    Sentados
    Deitados
    Comendo
    Fumando
    Bebendo
    Trepando
    Sei lá
    Essas coisas fazemos...
    ... Diante do caixote imagético
    A maior parte das pessoas não consegue parar de olhá-lo
    Estarrecidos
    Babacas mongóis
    Isto mesmo
    Mongoloides
    Esta é a palavra
    Somos tratados assim
    Você já assistiu a uma novela
    É claro que já
    É o obvio ululante
    É mais ou menos assim
    Um monte de gostosas
    O primo do irmão do vizinho que não conhece a mãe, que na verdade é a avó, que ele pensa que é a tia.
    Um estupro à dramaturgia!
    Enquanto isso se consome de tudo
    Desde Banco Itacú
    Até revendedora de Carro
    Musica é claro
    Você tem de comprar as que tocam na novela
    Os cds são vendidos na hora dos comerciais
    Assim como cerveja
    Celular
    Temos de comprar
    Compre batón!
    Compre batón!
    Compre batón!
    !!!COMPRE PORRA!!!
    Você tem de comprar
    O pior
    Novelas vendem ideias
    Vendem costumes
    Deseducando boa parte da sociedade
    Ou seria
    Condicionando
    Condicionamento televisivo
    É
    Acho que é isso
    A televisão tem como meio o fim
    Dizer o que é bom
    Bonito
    Feio
    Certo
    Errado
    Caro ou barato
    Eee...
    Outros mais
    O povo está vendo televisão
    Está olhando
    “Pensando” e “prestando atenção”
    Telejornais falando do país
    Falando de economia
    Enfiando siglas goela abaixo
    INSS
    INPS
    RDB
    CDB
    BNDS
    Fala-se do FHC que brigou com o LULA no tempo do ACM
    Fala-se da alíquota do imposto pré-fixado que estava há não sei quantos por cento no mês tal
    Ufa!
    Essas enganações
    A televisão é o maior meio de comunicação que existe
    Sendo assim
    Sabe seu poder
    Quero dizer
    Seus titulares e amigos
    A classe dominante
    Os donos do dinheiro
    Entende
    Nada é feito por acaso
    Caro leitor
    Por que você acha que depois de uma notícia ruim sempre vem o gol da rodada
    Ou vitória da seleção
    Quando a seleção não ajuda a classe dominante a nos roubar...
    Tem o jamaicano Usain Bolt para ajudar
    Se não o tivessem...
    ... Colocariam matéria sobre a decisão da copa do caralho a quatro entre Flamengo e Corinthias
    O que estou tentando dizer é
    Não é por acaso que a televisão funciona desse jeito
    Ela é toda feita para levar a pensar da forma boa para dez por cento dos brasileiros que têm setenta e cinco por cento de toda a riqueza nacional
    Para que eles continuem milionários
    Os donos da situação
    O povo continua adestrado com samba e futebol
    É isso mesmo, DEZ POR CENTO dos brasileiros têm SETENTA E CINCO POR CENTO de toda a riqueza nacional.
    Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
    IPEA
    Aaahhh...
    Isso você não vê na televisão não é?
    A televisão faz questão de ser o mais prolixa possível em seus telejornais
    Difícil notar o que está acontecendo no nosso país
    Economia não é tão complicada como a televisão faz parecer
    É simples
    Se o Brasil fosse bem administrado
    Ninguém morreria de fome
    Não há presidente neste país que me convença do contrário
    Pode falar 879 línguas com sotaque perfeito de cada região
    Pode ter estudado em Marte
    Feito Pós-Graduação em Plutão
    Pode falar todas as siglas que quiser
    Pode tentar ludibriar, falando termos desconhecidos.
    Pode falar...
    ... Falar...
    ... Falar...
    A mim não convencerá
    Não
    Mesmo...
    ... Sabendo disso tudo...
    ... Muitas vezes...
    ... Insistimos em ligá-la
    É preciso que nos rebelemos
    Vamos quebrá-las
    Jogá-las fora
    Isso mesmo
    Quando você chegar a casa não ligue a televisão
    Leia um livro
    Ouça música
    Converse com seu filho
    Coma sua mulher
    Ou faça melhor
    Vá até a mesa onde está a televisão
    Pegue-a com as duas mãos
    levante-a
    Dirija-se até a janela
    Como se nada estivesse acontecendo
    Solte as duas mãos
    Deixe que ela caia para fora de sua casa
    Mas torça
    Torça muito
    Porque a policia vem ai

    MORAL DA HISTÓRIA
    TELEVISÃO NÃO VÃO DEIXAR JOGAR FORA

    Pablo Treuffar

    __________________________________

    http://pablotreuffar.blogspot.com/1995/07/televinao-televisao.html

    ResponderExcluir
  3. Pablo Treuffar

    Obrigada pela sua resposta. Gostaria de esclarecer alguns pontos:

    - Não estou criticando o professor quando escrevo:

    Mestre Antonio Carlos Barreto
    Li seu cordel famoso
    Nada contra o programa
    Mas com a omissão de estudioso
    Que critica a atração
    Mas não apresenta sugestão
    Para este público grandioso.

    Quando escrevo DE estudioso, não estou querendo dizer DO estudioso , pois o próprio professor diz em sua entrevista que não tem nada contra o programa, mas com a omissão dos estudiosos. Portando também estou criticando a omissão dos estudiosos.

    - Acho que ficou claro que não gosto de assistir os reality shows quando escrevo:

    Tentar entender os Reality shows
    Hoje uma praga mundial
    Que influenciam comportamentos
    E seduz o meio social.
    É uma atitude esquecida
    Que deveria ter guarida
    No meio acadêmico em geral.

    Mas tenho que admitir que, diferentemente de nós que não gostamos desse estilo de programa, tem um público significativo que gosta e acompanha, porque as pessoas que assistem, se identificam com os que estão na telinha, pois são pessoas comuns como eles.

    -Ai então escrevo:

    Aproveitar esse espaço
    Com conteúdo cultural
    Em algo prazeroso e educativo
    Isto é contribuição social
    Para a audiência que é alta
    Pois temática não falta
    No caleidoscópio nacional.

    - Tudo o que quis colocar em resposta ao cordel do professor Antonio Carlos “Big Brother Brasil: um programa Imbecil” é que não é só o BBB e sim os reality shows como um todo: o BBB, a Fazenda, a Casa dos Artistas, apenas para citar alguns. E que não são apenas os BIAIS, mas a vontade política das direções das TVs.

    Nos meios de divulgação
    Não são os Biais, oh! Não
    Onde está a vontade política
    Na nossa Televisão?
    E a evolução na educação?
    É a falta de motivação?
    Ou questão de gestão?

    Por fim gostaria de dizer que fico muito feliz em saber que existem várias pessoas como você que se preocupam com a educação no nosso País.
    Espero sinceramente que um dia possamos convencer os gestores da nossa TV a
    aproveitar o espaço desses reality shows com conteúdos criativos, prazerosos e educativos.

    Aproveitar esse espaço
    Com conteúdo cultural
    Em algo prazeroso e educativo
    Isto é contribuição social
    Para a audiência que é alta
    Pois temática não falta
    No caleidoscópio nacional

    Atenciosamente
    Cecília Nahas

    ResponderExcluir
  4. Olá tudo legal? Gostaria de convida a conhecer meu pequeno trabalho no blog Ecos em www.ecosdotelecoteco.blogspot.com . Sucesso com o blog aí hein... T +

    ResponderExcluir
  5. Oi gostaria que fizessem uma matéria sobre o preconceito que muitos nordestinos sofrem quando vão em outros estados por exemplo e o porque desse pré-conceito muitas pessoas têm sobre nós nordestinos.
    Bem, se não for pedir demais queria sugerir também outra matéria que tenha o assunto de que muitas pessoas acham que os nordestinos-e o Nordeste-são um povo sofrido,pobre,ignorante.Esse pensamento é totalmente errado,pois os nordestinos são muitos inteligentes,trabalhadores e fortes.No Brasil inteiro á esses defeitos.Bem isso é um pré-conceito também então dá de colocar na matéria sobre o preconceito.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Fábio, visitei o seu Blog, muito bom.Parabens. Você visitou o meu? Lá, além de outros cordéis tem o BBB ou Reality Shows?
    http://geografiadavida.wordpress.com
    Podemos trocar muitas idéias.
    Um abraço
    Cecília Nahas

    ResponderExcluir
  7. Raquel, eu não sou nordestina de nascimento, mas de coração pois adoro o Nordeste.
    Eu sou nortista de Guajará-Mirim, Rondônia e já senti o preconceito na própria pele. Cheguei em São Paulo em 1967, e hoje, com tudo já superado, acho que fui aceita e sou feliz, sem perder minhas raizes, que faço questão de mantê-las e passar para os meus filhos que nasceram aqui.
    Mas concordo com você, vale a pena escrever sob o preconceito como um todo.Veja no meu Blog "Criando na Adversidade" através de fotos tento mostrar o fruto do preconceito.
    http://geografiadavida.wordpress.com
    Um abraço.
    Cecília Nahas

    ResponderExcluir
  8. fico feliz Cecília Nahas, muito feliz em saber.

    ResponderExcluir
  9. parabens pelo blog...
    Na musica country VIRGINIA DE MAURO a LULLY de BETO CARRERO vem fazendo o maior sucesso com seu CD MUNDO ENCANTADO em homenagem ao Parque Temático em PENHA/SC. Asssistam no YOUTUBE sessão TRAPINHASTUBE, musicas como: CAVALEIRO DA VITÓRIA, MEU PADRINHO BETO CARRERO, ENTRE OUTRAS...
    é o sonho eterno de BETO CARRERO e a mão de DEUS.

    ResponderExcluir

Regras:
- O comentário precisa ter relação com o assunto;
- Para propostas de parcerias ou respostas sobre esse assunto, favor usar o Formulário de Contato.